Participe do protesto contra o deputado Jair Bolsonaro nas redes sociais

02/04/2011 13:45

Está rolando nas redes sociais como Facebook, Twitter e Orkut uma campanha de protesto contra o deputado federal Jair Bolsonaro, do PP-RJ.

 

O Deputado Federal e ex-militar Jair Bolsonaro (PP-RJ) fez declarações racistas e homofóbicas no programa "CQC" da Band, na noite do dia 28/03/2011. A entrevista gerou polêmica pelas respostas agressivas e preconceituosas do deputado.
Uma pessoa intolerante e sem o menor respeito pelas diferenças está representando o Estado do Rio de Janeiro e todo o povo brasileiro. Além de atacar os gays e negros, Bolsonaro faz elogios ao regime militar e críticas ao atual governo.
O caso levanta uma questão: Porque a Homofobia ainda não é reconhecida pela lei como crime inafiançável, assim como o racismo?
Até quando será tolerado esse tipo de comentário preconceituoso, contra os negros, gays ou qualquer outra minoria?
Na internet, podemos nos mobilizar para expressar nosso descontentamento com o que foi dito, que é inaceitável.

 

Petição para a Criminalização da Homofobia (Avaaz): www.avaaz.org/po/homofobia_nao/?twi

Petição para a Cassação de Bolsonaro (São 2,  assinem Ambas!): www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N8333  e www.change.org/petitions/petio-para-cassao-do-mandato-do-deputado-federal-jair-bolsonaro-pp-rj#?opt_new=t&opt_fb=t

Link para a campanha no Facebook: www.facebook.com/event.php?eid=103062809777752&index=1

NÃO BASTA RECLAMAR POR FACEBOOK OU TWITTER, VAMOS NOS FAZER OUVIR.

Mande um email para o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar expressando sua indignação: cedpa@camara.gov.br

E uma cópia para o Conselho de Direitos Humanos: cdh@camara.gov.br

Para aqueles que tem pressa e não querem redigir um email, temos um texto padrão. Assinem e alterem como quiserem!

TEXTO PADRÃO PARA ENVIO DE EMAIL À CÂMARA:

"Está sendo veiculada entrevista do Deputado Federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) ao programa "CQC", da emissora Band, na qual ele ataca gays, negros, a integridade da cidadã Preta Gil e de seu pai Gilberto Gil (Ex-ministro da Cultura) e ainda incentiva a violência doméstica contra os filhos, chegando a mencionar tortura.
O Deputado representa uma ameaça à sociedade civil, exaltando o tratamento militar da população, e à democracia, ao defender um regime ditatorial.
Acho absurdo que uma figura pública tenha a liberdade de realizar esses comentários em rede nacional e permaneça impune. Isso é crime e quebra de decoro parlamentar.
O deputado se autopromove atacando as liberdades civis e parece se orgulhar de seu racismo e homofobia. Ele representa um atraso moral, ético e social ao país. Fere a nós, cidadãos de todas as cores e orientações sexuais.
Cabe ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar coibir esse tipo de atitude.
Exijo providências imediatas."

Podemos também fazer o seguinte:
O CDDPH está responsável por colher as assinaturas contra o Deputado Jair Bolsonaro, em questão de suas últimas declarações. Portanto, envie para o email cddph@sedh.gov.br as seguintes informações:

"Autorizo a subscrição e inclusão de minha assinatura na representação co......ntra o Deputado Jair Bolsonaro.
Nome / RG / Cidade e Estado de domicílio "

Vamos ver quantos emails podemos enviar em 1 semana.
VAMOS LOTAR A CAIXA DE ENTRADA DO CONSELHO. VAMOS PRESSIONAR O GOVERNO E PROTESTAR, PACIFICA E EFICAZMENTE.

DIVULGUEM ESSE EVENTO, MANDEM EMAILS E CARTAS PARA JORNAIS E REVISTAS!

A internet pode ser uma grande aliada no exercício da democracia. Basta perdermos a preguiça e começarmos a Agir!

Compartilhe e fortaleça o protesto, adcionando links e suas opiniões.
Qualquer tipo de comentário violento ou preconceituoso não será permitido. Não vamos nos rebaixar ao nível do Deputado.

Por favor: Sem violência nos comentários!

 

Entrevista de Bolsonaro ao "CQC":

 




Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!