Milhares de pessoas saem às ruas na Parada LGBTT de Paris

26/06/2011 12:07

 

Dezenas de milhares de pessoas participaram neste sábado, 25 de junho de 2011, em Paris da 10ª Parada do Orgulho LGBTT da França, que este ano leva uma mensagem aos candidatos à sucessão presidencial para que se inspirem no Senado de Nova York, que reconheceu o direito do casamento às pessoas do mesmo sexo. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo jornal Dimanche Oues-France, a ideia recebe o apoio de uma ampla maioria dos franceses (83% da população), que também aprovam a adoção de crianças por pais homossexuais (58%).

O eleitorado de direita, no entanto, é mais reticente ao projeto, com 41% das pessoas entrevistadas sendo favoráveis ao casamento e 37% à adoção.

A Assembleia Nacional (Câmara dos Deputados) rejeitou em meados de junho um projeto de lei do Partido Socilaista (PS, oposição) para autorizar o matrimônio de casais homossexuais. A esquerda votou a favor, mas uma grande parte foi contrária.

"Queremos a partir de agora mostrar aos políticos que seremos exigentes neste assunto", avisou Nicolas Gougain, porta voz do grupo Inter-LGBT, horas antes da saída da passeata da Praça de Montparnasse.

O lema desta décima parada do orgulho lésbico, gay, bi e transexual de Paris é "Pela igualdade: em 2011 manifesto, em 2012 voto". "É uma forte mensagem dirigida aos políticos", disse o ativista.

A decisão dos senadores de Nova York de reconhecer o casamento gay dá esperanças aos militantes da causa, afirma Gougain. "Isso nos mostra que alguns avançam, enquanto nós aqui na França, infelizmente, estamos parados", lamentou.

Os ativistas pedem especialmente pelo reconhecimento das famílias homossexuais, permissão para o casamento e a adoção de uma lei sobre a identidade de gênero que facilite a mudança para @s transexuais.

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!