LITUÂNIA: Marcha LGBT com bombas de fumo e violência

10/05/2010 17:28

 

Os oponentes da primeira marcha do orgulho LGBT da Lituânia atiraram bombas de fumo e tentaram furar a barreira policial. A polícia teve de usar gás lacrimogêneo.

 

A marcha aconteceu em Vilnius no sábado passado, dia 08 de maio, e as bombas de fumo ficaram a duzentos metros dos participantes, que incluíam diplomatas e eurodeputados. Cerca de 400 pessoas participaram no evento que aconteceu num parque na baixa da cidade isolado por um cordão policial.

 

Do outro lado da barricada, cerca de 1000 pessoas juntaram-se numa contra-manifestação com muitas cruzes pelo meio e gritaram insultos. Alguns tentaram passar dos insultos à agressão física, mas a polícia foi rápida na ação e usou gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes agressores e violentos.

 

Na mesma manhã, um coquetel Molotov foi atirado contra uma ONG que ajudou a organizar o evento, mas felizmente o coquetel Molotov não pegou fogo e não houve danos pessoais.

 

A igreja católica da Lituânia tem feito uma forte campanha no país contra os direitos LGBT e uma sondagem recente mostra que dois terços da população estão contra a realização desta manifestação no centro da capital.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!